5 Estratégias de Marketing de Conteúdo De Baixo Custo

Você está pronto para ouvir uma verdade dura?

A abordagem de marketing “se você construir, eles virão” está morta.

Claro, você pode gastar muito de dinheiro em anúncios pagos no Facebook ou e-mail e rezar para que seu público-alvo apareça.

Mas você estaria muito melhor se fizesse como a maioria dos empresários estão fazendo hoje, que é investindo seus recursos suados no marketing de conteúdo.

Com 70% das empresas aumentando a produção de conteúdo em 2017, uma abordagem orientada para o conteúdo oferece um resultado de ganha-ganha, ao gerar leads e aumentar sua reputação ao mesmo tempo.

Mas vamos ser honestos.

Aumentar a presença da sua marca através do marketing de conteúdo pode parecer uma batalha árdua, especialmente se você estiver sem dinheiro disponível.

Felizmente, existem algumas estratégias de marketing de conteúdo de baixo custo, para empresas com pouco ou nenhum orçamento.

A beleza do marketing de conteúdo vem da realidade de que seu investimento é baseado em seu tempo em vez de dinheiro.

E usando o método de pensamento dos Growth Hackers, as empresas em desenvolvimento devem se esforçar para fazer o máximo que puderem gastando o menos possível.

Em um cenário de custos de marketing de conteúdo, seu orçamento são horas no dia versus reais e centavos.

Se você tiver tempo para implementar as seguintes estratégias abaixo, você pode preparar o cenário para uma provável expansão do seu negócio on-line. Confira nossas:

5 Estratégias De Marketing De Conteúdo De Baixo Custo Para Aumentar Sua Presença On-Line:

1. Construa sua base por meio de blogs

Desde a criação de uma base de tráfego até os benefícios relacionados à marca, a necessidade das empresas de criarem e reforçarem seus blogs não é segredo para ninguém.

Também não é surpresa que os gurus do marketing como o Neil Patel (QuickSprout e Crazy Egg), Darren Rowse (ProBlogger) e Brian Clark (Copyblogger) tenham construído negócios lucrativos por comprometerem-se com a criação de conteúdo consistente.

Essas mesmas pessoas também se posicionaram como peritos em seus respectivos nichos, por causa de sua enorme riqueza de conhecimento.

Neil Patel atribui o rápido aumento do tráfego do Crazy Egg à estratégia de blog da empresa.

Você pode se perguntar: “Por que não posso fazer isso?”

Bem, você pode. Tudo o que você precisa fazer é ficar agressivo com a criação de conteúdo.

Se você quiser aumentar a presença da sua marca rapidamente, você terá que publicar poste em blogs, e publicá-los com freqüência.

Blogar através de plataformas como Medium ou LinkedIn significa que você pode literalmente contar a história da sua marca, sem gastar um único centavo.

Considere a história de Shaunta Grimes do Ninja Writers.

Ela usou a seguinte estratégias de marketing de conteúdo: Blogar todos os dias durante 60 dias para ver o que poderia acontecer.

Seus resultados foram surpreendentes, para dizer o mínimo.

Em cerca de dois meses, Shauna conseguiu:

  • Aumentar seu tráfego médio em dez vezes o que era no mês anterior (mais de 300.000 visualizações) e mais do que o dobro de sua contagem de seguidores,
  • Aumentar sua lista de e-mails em mais de 1.000 assinantes;
  • Ganhar cerca de US $ 1.000 em receita de afiliados de duas postagens: ela também recebeu ofertas adicionais de afiliados com base em seu tráfego.

Tudo a partir do poder da palavra escrita em plataformas totalmente gratuitas.

A chave para chegar nisso?

Vale a pena ser prolífico.

Se você estiver criando conteúdo legitimamente útil que as pessoas querem ler, essa estratégia de marketing de conteúdo funcionará perfeitamente e sua audiência chegará. Acredite.

2. Diminua o esforço do seu conteúdo com o vídeo

Se você está simplesmente postando conteúdo no blog da sua empresa, você está fazendo isso de forma errada.

Dado o esforço que envolve a criação de seu conteúdo, você não deve utilizar e reutilizar tanto quanto você puder?

Entre no mundo de reutilizar seu conteúdo via marketing de vídeo.

O marketing de vídeo tem um ROI e taxa de engajamento maior do que o conteúdo baseado em texto.

Combine isso com o fato de que o YouTube gera bilhões de visualizações por dia e os usuários do Facebook estão observando vídeos ao vivo três vezes mais do que qualquer outro tipo de conteúdo.

Se você acha que o marketing de vídeo parece ser um investimento caro, pense novamente.

Você tem um smartphone com uma câmera?

Se você respondeu “sim”, então você está pronto !

Não se preocupe muito com o valor da produção.

Os videos ao vivo informais estão na moda agora, e representam mais uma maneira de contar a história da sua marca.

Por exemplo, considere a popularidade de gurus empresariais inspiradores, como o Tai Lopez.

Ele posta vídeos de pé na rua falando com seu smartphone.

Se você tem uma postagem no seu blog, você já possui o roteiro para filmar um vídeo de marketing.

Aproveite ainda mais as estratégias de marketing de marcas, como Moz, que combinam postagens de blog e vídeos para oferecer ao público o melhor dos dois mundos em termos de conteúdo.

Alguns postam o vídeo na página, e embaixo a transcrição. Sensacional !!

E a melhor parte é que o YouTube e o Facebook Live não comerão o orçamento de suas estratégias de marketing de conteúdo.

3. Crie sua lista de e-mails hoje

Não importa quais ideias de negócios você tem em mente, seja B2B ou B2C, todos devem investir em marketing por e-mail.

Se você olhar as estatísticas, como o ROI reportado cerca de  3.800% usando e-mail, ou $ 38 em lucros por cada $ 1 gasto de acordo com o Campaign Monitor, os dados dizem que você ter uma uma lista de e-mails é realmente essencial.

Ah, então o problema está no preço, certo?

Não necessariamente.

Embora existam toneladas de provedores de e-mail, o MailChimp oferece um programa “para sempre livre” para empresas com listas com menos de 2.000 assinantes.

Esta é uma ótima opção para marcas menores começarem seu marketing com e-mails, ofertas e opt-ins para ver o que se adere à sua audiência.

Em suma, você não deve deixar sua falta de dinheiro mantê-lo longe da construção de uma lista de e-mails para promover ainda mais o seu conteúdo, descontos e promoções.

Quando chegar a hora de que você tenha superado o que permite ter uma assinatura gratuita, você pode atualizar, afinal imagino que você esteja já ganhando dinheiro com nossas estratégias de marketing de conteúdo.

No entanto, começando pequeno e trabalhando no seu caminho corretamente, você garante que não vai desperdiçar dinheiro e isso permite que você experimente seu marketing por e-mail de diversas formas.

4. Racionalize suas mídias sociais

O conteúdo das mídias sociais é um dos principais pilares para as estratégias de marketing de conteúdo atualmente.

Mas, embora as redes sociais tenham fornecido às empresas oportunidades infinitas de network e aquisição de clientes, também podem representar um potencial buraco negro de desperdício de tempo.

Aumentar suas postagens de blog no Facebook e gastar tempo perseguindo seus concorrentes no Twitter não é uma estratégia social adequada, se você quiser tirar o máximo proveito do seu tempo.

Você precisa escolher suas plataformas sociais com cuidado, idealmente se concentrando em um canal, e tendo um ou dois canais secundários.

No momento, há uma forte ênfase no Facebook e LinkedIn como plataformas principais nas redes sociais.

Os Grupos do Facebook, em particular, apresentam uma ótima oportunidade para colocar seu conteúdo na frente de um público relevante e hiper-alvo.

Sério: existe uma comunidade ou grupo do Facebook para praticamente qualquer coisa.

Então inclua e use as Mídias Sociais corretamente em suas estratégias de marketing de conteúdo.

E dado que quase 33% dos usuários do Facebook se envolvem regularmente com marcas, o Facebook é atualmente o primeiro lugar para nutrir o público-alvo do seu nicho.

Lembre-se, é crucial que você não deixe sua presença social distrair da sua estratégia de conteúdo.

Espalhar-se demais e tentar dominar todas as mídias sociais, podem causar mais problemas do que benefícios, então tenha cuidado.

5. Dominar a arte do Cold Mail

Finalmente, vamos falar sobre uma das estratégias de marketing de conteúdo mais subestimadas para impulsionar o seu negócio, que só acontecem por ser absolutamente grátis.

Cold E-mail.

O conceito de cold e-mail, compreensivelmente, aflige muitos comerciantes.

A idéia de chegar em alguém fora do seu alcance e esperar que qualquer tipo de tração provenha disso parece bastante difícil, certo?

Mas o cold e-mail é uma ótima maneira de apresentar seu negócio, especialmente para empresários individuais.

Foi o que a escritor freelancer Jorden Roper de Writing Revolt fez para levar seu negócio de $ 800 por mês para mais de $ 5.000 por mês.

Em vez de esperar passivamente que os clientes viessem até ela, ela entendeu que sempre há a opção de agir, com as estratégias de marketing certas.

Dominar o cold e-mail também pode ajudar a melhorar seus esforços de Inbound Marketing.

Por exemplo, Neil Patel mostra aqui como você pode construir um blog comercial de sete dígitos de faturamento ao usar postagens de blog como convidado em sua estratégia de marketing de conteúdo.

Se houver sites e blogs relevantes onde seu conteúdo poderia encontrar um lar perfeito, você não tem literalmente nada a perder ao se apresentar aos editores desses sites e blogs com seu conteúdo.

As mesmas regras se aplicam às empresas que procuram potenciais clientes.

Conclusão

Você não precisa de um orçamento gigante para conseguir de maneira eficaz o seu sucesso comercial ou de marketing.

Em vez disso, você simplesmente precisa estar disposto a investir longas horas, pelo menos até você sair do nível básico.

Estas estratégias de marketing de conteúdo gratuitas foram comprovadas em várias indústrias, ajudando-os a obter melhores resultados em seus negócios sem com isso terem um custo enorme.

Última Dica :

Compartilhe esse posts se você gostou, siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante e deixe abaixo seu comentário, sua pergunta e diga se lhe ajudaram essas 5 Estratégias de Marketing de Conteúdo De Baixo Custo !

Ficou curioso ? Leia mais sobre Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing no meu blog.

Deixe uma resposta