SEO

SEO Para Startups: Como Criar e Alavancar Sua Própria Estratégia

SEO Para Startups: Como Criar e Alavancar Sua Própria Estratégia
Baixe Meu E-Book Com minhas +40 Ferramentas Grátis de Marketing Digital e E-Commerce

Gostou do Post ? Nos ajude vontando nas estrelas AQUI ABAIXO ☟
SEO Para Startups: Como Criar e Alavancar Sua Própria Estratégia
5 (100%) 3 votes

Por que é tão importante o SEO para startups ?

Você é uma startup, o que significa que você tem recursos limitados e precisa de clientes. #FATO

Por que você deve se preocupar em investir em seu site ou se preocupar com os resultados do Google, quando tem investidores para atrair e vendas que você precisa fechar?

É simples: a Pesquisa orgânica traz naturalmente clientes e leads altamente qualificados.

Quando alguém pesquisa algo, está expressando um claro interesse em aprender mais sobre esse tópico ou produto.

Quanto maior o ranking do seu site nos resultados dos mecanismos de pesquisa, maior será a probabilidade de sua marca gerar leads de tráfego qualificados.

Ao investir em uma sólida estratégia de SEO para startups (iniciantes ou não), você pode atrair leads qualificados enquanto dorme … ou enquanto trabalha para melhorar seu produto e fechar uma rodada de investimentos.

Não apenas isso, mas as pessoas confiam implicitamente nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

Já se perguntou quantas pessoas acham que determinado produto é melhor por estar na primeira página do Google ?

Desde 2015, o Google e outros mecanismos de busca têm superado os meios de comunicação tradicionais como a fonte mais confiável de notícias e informações.

Isso significa que, se os usuários encontrarem seu conteúdo ou produto da Web por meio de uma consulta nos mecanismo de pesquisa, eles terão um grau de confiança maior do que se encontrado por meio de outro meio.

Mais leads qualificados + confiança do cliente = ouro para startups.

 

Criando um plano de SEO para Startups

Pode parecer óbvio, mas a chave para uma boa estratégia de SEO para startups é ser intencional e, claro, estratégica. 😀

Tendo experiência com startups, sei em primeira mão que isso pode ser mais difícil do que parece.

Já devem ter dito que você precisa de:

  • Um blog;
  • Mais conteúdo e artigos;;
  • Mais estudos de caso;
  • Seguidores em redes sociais.

Todas essas coisas podem certamente contribuir para uma estratégia de SEO para startups forte, mas com recursos limitados, é importante que as startups se concentrem nas peças que realmente fazem mais sentido para seus negócios e público – e respondam “sim” às seguintes perguntas :

  • Meu conteúdo fornece valor para meu público-alvo?
  • O meu site responde às perguntas do cliente?
  • Estou usando a mesma linguagem que meu público-alvo?
  • As pessoas podem encontrar o que estão procurando no meu site?

A estratégia de SEO para startups correta não é de tamanho único, mesmo para iniciantes. Veja como começar na direção certa.

 

SEO para Startups:

Defina seus objetivos do site (por que seu site existe?)

Antes de definir a estratégia de SEO da sua startup, você precisa ter uma compreensão clara da meta do seu website.

Provavelmente, seu website existe por um ou mais dos seguintes motivos:

  • Para vender seu produto on-line;
  • Para obter leads mais qualificados para seu produto ou serviço por meio de solicitações de demonstração e / ou assinaturas de boletins informativos;
  • Para impulsionar downloads ou inscrições em seu aplicativo;
  • Para encontrar parceiros ou membros de alta qualidade para seu serviço;
  • Para impulsionar o interesse e a credibilidade dos investidores;
  • Para recrutar talentos qualificados para minha equipe

É importante entender quais dessas metas se aplicam ao seu negócio, pois isso terá um impacto direto no tipo de conteúdo, nas palavras-chave e na funcionalidade que você deseja ver em seu site.

Mantenha essas metas na linha de frente de suas estratégias digitais e de SEO, e certifique-se de revisitá-las à medida que sua empresa cresce!

 

Identifique seu público-alvo

Depois de descobrir qual é o objetivo do seu site, a próxima etapa é descobrir quem precisa ver seu site para  você alcançar essas metas.

Entender quem é seu público-alvo é a chave para a próxima etapa da sua estratégia de SEO para startups (pesquisa de palavras-chave) e para determinar exatamente quais funcionalidades e conteúdos priorizar no seu site.

Observação: dependendo de seus objetivos ou negócios, as pessoas que precisam ver seu site podem ou não ser as mesmas que quem está realmente usando seu produto. Isso é especialmente verdadeiro para empresas B2B.

Não só isso, mas entender o seu público-alvo também é ótimo para impulsionar suas estratégias mais amplas de marketing e vendas.

 

Pesquisa de palavras-chave para startups 101

Palavras-chave são os blocos de construção do SEO. Principalmente no SEO para startups, onde cada clique é de vital importância.

Assim sendo, é essencial segmentar as palavras-chave certas para definir sua eficaz estratégia de SEO para startups.

O que são palavras-chave e por que elas são importantes?

Não sabe exatamente o que quero dizer com “palavras-chave”?

Palavras-chave são as palavras que os usuários inserem em um mecanismo de pesquisa para encontrar seu site e são os blocos de construção do SEO.

Existem muitos tipos diferentes de palavras-chave, incluindo:

  • Termos principais (Head terms) – palavras-chave mais genéricas, que geralmente são mais curtas e têm maior volume de pesquisa (por exemplo, “software de vendas”);
  • Palavras-chave de cauda longa (Long-tail keywords) – consultas mais longas que tendem a ter menor volume de pesquisa, mas são mais específicas (por exemplo, “por que o crm é importante para as empresas”);
  • Palavras-chave de marca (Branded keywords) – consultas que incluem um nome de marca ou de produto (por exemplo, “iPad Mini 4”);
  • Palavras-chave sem marca (Non-branded keywords) – palavras-chave que não incluem uma marca ou um nome de produto específico (ex .: “computador tablet”)

 

Inicializando a estratégia de palavras-chave da sua startup

A chave para uma estratégia de SEO para startups forte é determinar quais palavras-chave são mais importantes e relevantes para sua empresa e, então, otimizar seu site para essas palavras-chave.

O objetivo é não apenas classificar mais alto essas palavras-chave (ou seja, no topo da lista de resultados do Google quando pesquisar essa palavra-chave), mas também para garantir que o conteúdo encontrado pelos usuários quando eles chegam à sua página seja realmente o que estavam procurando quando começaram sua busca.

Aqui está a questão para startups e pequenas empresas: muitas das palavras e frases que são relevantes para os objetivos do seu site e público-alvo são provavelmente extremamente competitivas.

Como sua empresa é jovem e provavelmente seu domínio também é, será difícil para você concorrer inicialmente com empresas e sites mais estabelecidos.

Por exemplo, se você é uma startup com um software de vendas inovador, é altamente improvável que você ultrapasse o Salesforce para a palavra-chave “software de vendas” no curto prazo.

A solução é ser criativo com sua estratégia de SEO para stautups e focar em palavras-chave mais detalhadas, como “por que o CRM é importante para a organização”, que ainda são relevantes para o seu público-alvo e que levarão os usuários ao seu site.

Embora menos pessoas possam pesquisar por essas palavras-chave mais longas, muitas delas convertem melhor do que palavras-chave mais amplas.

 

Como escolher suas palavras-chave alvo.

Continuando no SEO para startups, existem várias formas de encontrar ideias de palavras-chave para a sua estratégia, incluindo:

  • Google Search Console, que permite que você veja quais palavras-chave os usuários estão usando no momento de acessar seu site pelas buscas;
  • Ferramentas Digitais. Como o Moz Keyword Explorer, o Google AdWords Keyword Planner, o Answer the Public e o SEMrush Keyword Magic, que ajudam a gerar novas ideias para palavras-chave que você talvez não esteja classificando no momento.
  • Sugestões do Google e “não aperte enter”. Isso significa literalmente começar a digitar uma palavra-chave que você considera relevante para sua empresa na barra de pesquisa do Google e ver quais outros tipos de consulta o Google sugere antes de você digitar <enter>. Depois, você pode analisar outros recursos e resultados na página de resultados do Google, incluindo sugestões de palavras-chave na parte inferior da página, sugestões de “pessoas também pesquisam por” e muito mais para encontrar consultas relacionadas relevantes para sua marca;
  • Pesquisa de audiência. Converse com os clientes ou membros de seu público-alvo para ver o que eles procurariam, para entender qual é o problema que seu produto ou serviço resolveria, como o público fala sobre o problema que a sua empresa aborda. Se você não puder entrevistar membros de seu público-alvo, considere verificar fóruns on-line relevantes ou conversas nas mídias sociais.
  • Analise competitiva. Veja quais palavras-chave seus concorrentes parecem estar usando ou estão classificando no momento.

Depois de obter uma lista de possíveis palavras-chave, é importante voltar e avaliá-las com base em alguns fatores principais:

  • Volume Mensal de Pesquisa ou Monthly Search Volume (VMP ou MSV) – Se você classificar na primeira posição para uma palavra-chave que ninguém procura, de que isso importa? Essa métrica indica o número de pessoas que pesquisam uma palavra-chave em média a cada mês. Você pode encontrá-lo usando ferramentas como o Google Keyword Planner e o Keyword Everywhere. Também vale a pena segmentar palavras-chave com baixos volumes de pesquisa, principalmente se elas mostram uma forte intenção do usuário de converter, mas você provavelmente desejará usar essas palavras-chave em subpáginas do seu site ou artigos de blog, e otimizar páginas como sua página inicial e páginas de produtos para palavras-chave de maior volume;
  • Concorrência de palavras-chave – Como uma startup, seu website provavelmente é novo, e você provavelmente tem uma Autoridade de Domínio razoavelmente baixa. Isso significa que é improvável que você classifique palavras-chave altamente competitivas rapidamente, mesmo que sua estratégia de SEO seja de primeira linha. Use ferramentas como “Keyword Everywhere” para ter uma noção de como cada palavra-chave é competitiva. Até que seu site e sua empresa se tornem autoridades, concentre-se em consultas criativas, de fundo de funil e menos competitivas para gerar tráfego;
  • Intenção de palavra-chave – Você pode pensar que uma palavra-chave é relevante para seu site, mas se o Google não estiver exibindo sites ou empresas como a sua na primeira página de seus resultados de pesquisa, isso provavelmente significa que os usuários têm uma intenção diferente essa consulta. Um exemplo comum para isso é palavras-chave como “melhor software de CRM 2017”. Claro, seria ótimo para você se classificar bem para isso, mas isso é extremamente improvável, pois o Google sabe que o que os usuários estão realmente procurando quando pesquisam essa consulta são artigos revisando e comparando diferentes opções de CRM. Elimine quaisquer palavras-chave da sua lista de segmentações que não mostrem concorrentes ou sites semelhantes nos resultados.

 

Otimize seu site para SEO

Ótimo, você tem sua lista de palavras-chave segmentadas e metas de SEO. E agora?

Se a sua startup já tiver um site forte, comece por otimizar as páginas existentes para palavras-chave relevantes.

Idealmente, você deve segmentar cada palavra-chave em apenas uma página do seu website.

Escolha a página mais relevante para a palavra-chave.

Use palavras-chave mais abrangentes e de marca em sua página inicial (ex. “Software de vendas”, “ferramenta de gerenciamento de vendas”) e palavras-chave mais específicas relevantes para seus produtos ou serviços específicos em subpáginas adaptados a esses tópicos (Ex.: “plataforma de gerenciamento de estoque e vendas”, “por o marketing é importante para sua empresa”, “software de acompanhamento de vendas para pequenas empresas”).

Você só precisa encontrar maneiras de mesclar naturalmente essas palavras-chave em seus metadados e no texto da página.

Não exagere, pois o Google pode penalizá-lo pelo uso excessivo de palavras-chave com spam, apenas certifique-se de que suas palavras-chave prioritárias estejam integradas nos seguintes pontos de acesso de SEO:

  • Meta título (Ideal entre 50 e 60 caracteres);
  • Meta descrições (máximo de 156 caracteres);
  • Estrutura de URL;
  • Cabeçalhos e H1;
  • Texto e sub-headers na página (H2, H3).

Se você ainda não tem um site ou se o seu site é de apenas uma única página, use sua pesquisa de palavras-chave e sua estratégia de SEO para informar ao Google o sitemap e a estrutura do website.

Em suma, crie páginas informativas e úteis para as suas palavras-chave de prioridade máxima, com uma estrutura de navegação lógica e de fácil utilização e com linkagem interna entre as suas páginas da web.

Você também quer garantir que seu site seja tecnicamente perfeito.

Trabalhe com um desenvolvedor da Web que esteja ciente das preocupações com SEO ou use um CMS fácil de usar, como o WordPress, se você mesmo fizer.

Evite conteúdo e páginas duplicados, para garantir que todos os links internos entre as páginas do seu website funcionem e para enviar as alterações do site ao Google Search Console.

 

Blogs, links e compartilhamento social

Depois que  seu website estiver otimizado, você poderá começar a detalhar o restante do seu conteúdo e da sua estratégia social.

  • Blog: Você pode decidir que um blog é uma boa maneira de interagir com o público-alvo de sua startup. Em caso afirmativo, use sua pesquisa de palavras-chave para identificar tópicos que fariam para artigos de blog significativos e verifique se essas páginas são otimizadas para SEO para essas palavras-chave. Se não forem, faça isso.
  • Construção de Links: Os links para seu website também são uma ótima maneira de criar a autoridade de SEO para sua startup. A chave é garantir que esses links sejam significativos, não com spam. Não perca tempo criando links para seu site em diversos fóruns e painéis de comentários. Isso pode realmente prejudicar você. Em vez disso, desenvolva conteúdo e recursos significativos aos quais os sites de alta autoridade desejem linkar. E se sua empresa for mencionada em um artigo de notícias, em um blog popular ou em outro website, peça que inclua um link para o site de sua startup.
  • Social: Os sinais sociais têm um impacto sobre o SEO, embora um pouco limitado. No entanto, se o seu público-alvo estiver ativo em uma ou mais plataformas de mídias sociais, essa pode ser uma ótima maneira de direcionar as pessoas ao seu site e conteúdo. Desenvolva uma estratégia social significativa que se alinhe às metas do seu website e ao comportamento do seu público-alvo.

 

Bônus: Torne sua empresa e seus nomes de produtos amigáveis ??à pesquisa

Se você é um empreendedor que está começando ou desenvolvendo uma ideia, não é uma má ideia simplesmente deixar suas ideias de nome de produto ou de negócios no Google para:

a) verificar se existem outras empresas semelhantes que possam confundir clientes em potencial;

b) certifique-se de que não haja algum significado alternativo para o nome da sua empresa que possa incomodá-lo no futuro;

c) veja o quanto competitivo se mostra o cenário de SEO para a marca de sua startup.

Se você está optando por um nome comercial com uma grafia estranha ou incomum, também é uma boa ideia pedir a alguém que não esteja familiarizado com sua empresa que digite o nome da empresa sem vê-lo escrito, especialmente se você for um negócio que dependerá muito do boca a boca.

Depois de definir o nome de sua empresa, compre o domínio o quanto antes, suba um site básico (pode ser apenas uma imagem em construção) e envie-o para o Google Search Console.

Isso ajudará você a começar a criar sua Autoridade de domínio, que é um fator chave do SEO, e definirá o sucesso da sua startup assim que você estiver pronto para começar a criar seu site definitivo.

Última Dica :

Compartilhe esse posts se você gostou, siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante e deixe abaixo seu comentário, sua pergunta e diga se lhe ajudou esse post sobre SEO Para Startups: Como Criar e Alavancar Sua Própria Estratégia !

Ficou curioso ? Leia mais sobre SEO  no nosso blog.

Rodolfo Sabino, é Empreendedor, Palestrante, Professor de SEO na Impacta Tecnologia, Certificado em Inbound Marketing pela Hubspot, em SEO pela SEM Rush.

É especialista e Consultor em SEO, Marketing Digital (Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Automação de Vendas e Marketing) e Growth Hacking.

Baixe Meu Checklist SEO

Deixe uma resposta