CASE – Melhorar o SEO e Dobrar Acessos Orgânicos


Recentemente um cliente me procurou querendo melhorar o SEO e os acessos orgânicos do site dele, e isso incluía tentar retirar o Reclame Aqui da primeira página.

Infelizmente não consegui retirar o Reclame Aqui da primeira página, porém consegui mais que dobrar o tráfego orgânico do site do meu cliente em cerca de 3 meses, comparando com os 3 meses anteriores.

E abaixo explicarei algumas da táticas e e técnicas utilizadas para isso (Se eu colocasse todas, o post ficaria muito grande 🙂 )

CASE - Melhorar o SEO e Dobrar Acessos Orgânicos

Estudo de Caso – Melhorar o SEO e Acessos orgânicos

Para começar,  revisei e analisei as seguintes etapas abaixo (não exatamente nessa ordem):

  1. Análise do tráfego anterior
  2. Análise das principais palavras chave referente ao negócio dele;
  3. Verificação dessas palavras no Funil de Atração;
  4. Análise de conteúdo x palavras chave para Internal Link Building
  5. Análise e revisão da parte técnica do site;
  6. Revisão dos widgets do site
  7. Revisão de Mídias sociais.

Abaixo uma explicação dessas etapas acima, para você entender melhor.

1 – Análise do tráfego anterior

Verifiquei o tráfego nos meses anteriores no Google Analytics e no Google Search Console.

Nessas ferramentas vi quais as palavras mais bem colocadas, bem como quais a páginas mais acessadas de entrada

Com base nessa análise, usando um modelo pessoal que desenvolvi, consegui ver quais páginas e palavras se tornariam uma grande oportunidade de geração de tráfego no blog.

Assim, você pode potencializar páginas com bom conteúdo e baixo CTR, mas baixo CTA.

Ou seja, são páginas ou posts que quem lê continua no site, mas têm baixa taxa de cliques de entrada.

Isso pode ser feito corrigindo título e descrição, tornando mais atraente ao clique os posts e páginas que você percebeu que têm menor taxa de saída, pois provaram que têm uma boa taxa de retenção

Dica: Para melhorar o SEO de um site, é essencial analisar o tráfego anterior para perceber tendências e oportunidades.

2 – Análise das principais palavras chave referente ao negócio dele

Após analisar o tráfego anterior e obtermos insight de palavras chave, começamos a imaginar quais palavras chave de short e long tail do negócio do cliente têm maior desempenho nas buscas.

Para verificar quais palavras chave teriam melhor tráfego e também menor competitividade, usei, entre outras ferramentas, a Ferramenta de palavras chave do Google Adwords, que me deu as estimativas buscar por cada palavra chave, bem como a competitividade por ela.

Dica: Para melhorar o SEO de um site, é essencial analisar as oportunidades que palavras-chave short e long tail podem ter no negócio do cliente.

3 – Verificação dessas palavras no Funil de Atração

Nessa etapa, analisei o funil de atração do cliente, e posicionei cada palavra chave de acordo com a posição dela dentro do funil.

Cada palavra-chave das análises anteriores deve se encaixar dentro de uma etapa do funil, juntamente com a jornada de aquisição do cliente.

Dica: Para melhorar o SEO de um site, não basta colocar palavras chave aleatóriamente dentro do site do cliente. Elas têm de ter um propósito

4 – Análise de conteúdo x palavras chave para Internal Link Building

Uma vez analisadas as postagens, descobertas as palavras chave short e long tail, verificadas as etapas do funil e a jornada do cliente, chegou a hora de colocar tudo em prática.

Verifiquei e analisei, dentre os conteúdos existentes, quais que cabem e encaixam no funil e na jornada do cliente, e fiz, conteúdo a conteúdo, a utilização das palavras chave adequadas como âncoras de hyperlinks para os conteúdos escolhidos a dedo.

Isso não só passou o juice de página a página, como mostrou ao Google as páginas mais importantes e os termos idem.

Dica: Para melhorar o SEO de um site, você deve sinalizar ao Gogole o que é importante no seu site, e isso é feito de 3 maneiras: Negrito, palavras chave âncora e hyperlinks. Mas sem usar a mesmas palavras fora de contexto. Acredite, a Inteligência Artificial está em um nível de perceber keyword stuff.

5 – Análise e revisão da parte técnica do site

Antes de mais nada, para preparar a cabeça, revisei todos os posts e a parte técnica do blog do cliente.

Isso inclui as tags H1 e H2, as tags ALT das imagens, o peso das imagens, bloquei de renderização, e tudo mais .

Usei também alguns  plugins para evitar que o  site possa fazer o site ficar mais lento. ou melhor, que ele fique mais rápido.

Nessa tarefa, usei alguns plugins também para cache, minificação de Javascript, CSS e compactação de HTML, entre outras coisas.

Para melhorar seu SEO, é essencial que seu site seja cada vez mais rápido, pois como a maior parte do tráfego vêm de dispositivos mobile, eles nem sempre estarão conectados a um wi-fi, certo ?

Dica: Para melhorar o SEO de um site, seu site deve ser o mais rápido possível. E pelo menos mais rápido que seu concorrente.

6 – Revisão dos widgets do site

Para facilitar o acesso aos conteúdos, coloquei widgets linkando às redes sociais, bem como widgets com categorias do blog, informações sobre a página, entre outros.

Isso não só para linkagem de ida e volta, mas também para ajudar na navegação interna do blog. Afinal, não queremos que o leitor saia do seu site após a primeira leitura, certo ?

Dica: Para melhorar o SEO de um site, é essencial que você ajude o leitor a navegar pelo seu site entre as postagens, e não que entre, leia e saia.

7 – Revisão de Mídias sociais

Pode parecer estranho, mas suas mídias sociais impactam em muito seu SEO.

Como ?

Muitos perfis aparecem primeiro que alguns sites porque eles, além de Da e PA superiores, também têm as palavras chaves buscadas nas suas descrições. E nas postagens !

E daí, é um pulo para seu cliente chegar nos eu site.

Revise suas descrições, suas bios e seus textos nas redes sociais, elas são essenciais para você ser localizado.

E são, como eu disse, um caminho para seu site, e tráfego grátis. Só fazer corretamente

Dica: Para melhorar o SEO de um site, é essencial potencializar todas as possíveis fontes de tráfego. E ter as principais palavras chave no seu.

Essas foram algumas das técnicas e estratégias usadas para gerar, em 3 meses,

Finalizando :

Compartilhe esse posts se você gostou, siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante e deixe abaixo seu comentário, sua pergunta e diga se lhe esse Estudo de Caso lhe ajudou !

Ficou curioso ? Veja mais  Estudos de Caso no meu blog.


Deixe uma resposta