Sucesso Nas Buscas? Concentre-se em Tópicos em vez de Palavras-Chave

Nesse artigo, vou lhe explicar como aproveitar uma abordagem focada em tópicos para conteúdos e estrutura do site para dominar os resultados de pesquisa pós-BERT e MUM.

Nos últimos anos, o Google fez várias alterações na maneira como seus rastreadores entendem como o conteúdo responde às buscas.

Mais recentemente, essas mudanças incluíram mais atualizações de algoritmos que incluem aprimoramentos sofisticados no processamento de linguagem natural e modelos de aprendizado de máquina, como BERT e MUM.

Essas atualizações ajudam o Google a entender melhor como as pessoas estão pesquisando alguns tópicos e que tipo de conteúdo o usuário está realmente procurando, para atender às necessidades de suas buscas e como partes de algum conteúdo em um site podem atender melhor a essas necessidades.

O objetivo final é sempre entregar o melhor conteúdo possível, para o usuário ter a melhor experiência em suas buscas.

Com isso em mente, é ainda mais importante agora focar na criação de uma estrutura de tópicos que atenda às necessidades dos vários estágios da jornada de compra do usuário, em vez de apenas quais palavras-chave estão sendo usadas em uma página.

Vamos lá!

 

Como os tópicos são diferentes das palavras-chave?

Você pode estar se perguntando neste momento qual é a diferença entre um tópico e uma palavra-chave, especialmente considerando que acabei de mencionar que as palavras-chave ainda são uma peça importante nesse quebra-cabeça de SEO.

Na minha maneira de pensar, um tópico é uma abordagem mais holística da “pesquisa de palavras-chave”.

Um tópico pode ser composto por vários termos e consultas relevantes que podem se enquadrar em diferentes áreas da jornada do usuário.

Os tipos de conteúdo que você pode criar em torno de um determinado tópico dependem um pouco da vertical em que seu site se enquadra.

Alguns sites exigiriam:

  • Conteúdo que abrange tópicos de aprendizado no início da jornada;
  • Conteúdo sobre o ponto de vista do seu negócio sobre o assunto;
  • Possivelmente sua oferta de produtos que resolvam esse problema.

Sites menores, especialmente empresas locais, podem exigir apenas um conteúdo educacional/inicial do funil, que também aponte para conteúdo que descreva os serviços ou produtos oferecidos para resolver o problema, ou a necessidade que o cliente/usuário pode estar enfrentando.

 

1. Comece SEMPRE com uma estratégia

A coisa mais importante que você vai fazer pelo seu site ao construí-lo ou repensar sua estrutura é dar um passo para trás, e criar estratégias para os tópicos nos quais você precisa focar.

Ao observar os aspectos mais amplos de seus produtos e/ou serviços e identificar um tópico de nível superior para essa oferta, você terá uma melhor compreensão das necessidades dos seus clientes.

Depois de ter uma ideia de qual deve ser o foco do seu tópico principal, você pode seguir o processo padrão de pesquisa de palavras-chave.

O principal problema é que você deseja expandir essa pesquisa para abranger termos mais semanticamente relevantes relacionados ao tópico, não apenas a palavra-chave principal.

Dê uma olhada nas áreas que cercam esse tópico que precisam ser cobertas para satisfazer as várias necessidades do pesquisador.

Pergunte a si mesmo quais perguntas podem ser feitas sobre o tópico e pesquise sobre esses termos.

Se possível, não tenha medo de sair para o mundo real e perguntar às pessoas do seu público-alvo o que elas poderiam pesquisar ou quais perguntas relacionadas a isso elas podem ter.

 

2. Pesquise seus concorrentes

Depois de entender qual conteúdo você precisa ter para ter um bom desempenho em um tópico, comece a analisar quem se classifica bem nessas buscas.

Se eles já estão tendo um bom desempenho neste espaço, é seguro dizer que estão fazendo algo certo.

Existem exceções para isso, claro, portanto continue monitorando a concorrência nas áreas e buscas que você está segmentando.

Depois que um concorrente é identificado, gosto de analisar o site dele por meio de algumas ferramentas para ver como ele se saiu em termos relevantes por um período mais prolongado.

Isso me dará algumas informações básicas sobre se esses resultados são duradouros ou se é um salto recente acidental para determinar se vale a pena pesquisá-los mais a fundo neste momento.

Depois de entender o que seus concorrentes reais estão fazendo no assunto que você está segmentando, dê uma olhada em como eles estruturam o conteúdo deles.

Veja como eles estão entregando o conteúdo e como é a estrutura do site em torno desse tópico.

Essas informações fornecerão um plano básico para você trabalhar em seu site.

Agora, com isso dito, não copie o conteúdo do seu concorrente. Nunca!

Use-o como um guia, mas plagiar conteúdo não fará nada além de prejudicar seu site, no final.

Por mais clichê que possa parecer, você está procurando identificar o que seus concorrentes estão fazendo bem e depois fazê-lo melhor.

Pesquise e faça uso da técnica de Skyscraper Technique,

 

3. Considere a intenção

À medida que os mecanismos de busca evoluíram ao longo dos anos, especialmente com o lançamento recente do BERT pelo Google, é importante entender a intenção por trás das consultas nas quais você está criando conteúdo para segmentar.

Embora existam muitas ferramentas no mundo do SEO para identificar tópicos e palavras-chave, sempre tive em minha mente que uma das melhores maneiras de identificar a intenção por trás de uma consulta, é simplesmente pesquisá-la em uma janela anônima.

Você pode se surpreender.

Você pode pesquisar por algo tão simples quanto uma busca com uma única palavra, e perceber que os resultados estão retornando mais conteúdo do tipo educacional em torno do termo – como um resultado “o que é…”.

Isso ajudará você a determinar quais conteúdos precisam ser criados (ou mesmo retrabalhados) para atender às necessidades das pesquisas dos seus clientes-alvo.

 

4. Não se esqueça da estrutura do site

Criar conteúdo em torno de um tópico não é a única peça desse quebra-cabeça.

É importante organizar seu conteúdo de forma que faça sentido para os buscadores (como o Google, Bing, Yahoo, etc.) e que mostrem que você é uma autoridade em determinado assunto.

Se os mecanismos de pesquisa perceberem que você está criando conteúdo mais relevante em torno de um determinado assunto, você deverá ver resultados mais favoráveis em torno desses termos.

Uma das melhores maneiras de demonstrar essa autoridade é usar os breadcrumbs para mostrar o fluxo de navegação seu site.

Isso não apenas funciona como uma segunda camada de navegação para os usuários, mas também ajuda os rastreadores a entender como ir do ponto A do seu site ao ponto B.

Breadcrumbs também podem ajudá-lo a mudar a estrutura do seu site sem precisar fazer alterações nas URLs, o que pode ser incrivelmente perigoso para o SEO.

Não se esqueça de dar uma olhada em seus concorrentes que estão tendo um bom desempenho para ver se há algum insight que você possa conseguir da estrutura do site deles.

Assim, não há necessidade de reinventar a roda, você pode obter dos seus concorrentes mais informações sobre como expandir sua cobertura de um tópico no processo.

 

5. Hora de dominar

Como o Google implementou maneiras mais inteligentes de processar e retornar conteúdo para corresponder às buscas dos usuários, é importante criar uma estrutura lógica de tópicos em seu site para facilitar o processamento desse conteúdo.

Isso dá aos seus redatores um guia para orientar seus esforços de redação de conteúdo.

Garanta que seu conteúdo atenda a promessa feita ao leitor, de forma completa e com clareza.

Evite jargão e desperdício de palavras.

Lembre-se, é tudo uma questão de qualidade sobre quantidade!

Bem, é quase sempre sobre qualidade – é sobre descoberta também.

Certifique-se de usar as palavras-chave e frases que os usuários usarão para encontrar soluções para os problemas que estão enfrentando.

Em seguida, verifique se você está acompanhando corretamente o andamento de tudo – tanto o seu quanto o dos concorrentes.

Estabeleça metas, referências e sempre se esforce para ser melhor.

Faça isso e você deve começar a dominar as buscas com resultados duradouros.

Última Dica :

Compartilhe esse posts se você gostou e siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante.

Se você quiser ler e saber mais, acesse meu blog e leia meus posts sobre SEO

E se você estiver à procura de uma consultoria para melhorar seu SEO, acesse o site da Tráfego e Vendas Consultoria e lá nós podemos lhe ajudar não só com SEO Local, mas também a melhorar seu Tráfego, Vendas e geração de Leads com nossa metodologia de SEO de Performance.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pesquisar Artigos

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Você também pode gostar de: